Segredos - Konstantinos P. Kaváfis
Plaqueta em papel pólen bold, 36págs.
Formato 12x16cm.
(2a.) Tiragem de 50 exemplares.
Edição bilíngüe: grego/português.
Konstantinos P. Kaváfis (1863-1933): Segredos (Κρυμμένα) de Poemas ocultos (1968).
Tradução: Miguel Sulis, Marcelo Jolkesky, Apóstolo Nicolacópulos

[esgotado]

"A presente edição traz uma seleção dos chamados “poemas inéditos” de Konstantinos Kaváfis (1863–1933), publicados pela primeira vez em 1968 e atualmente conhecidos como “poemas ocultos”, pois que foram “ocultados” pelo poeta no seu arquivo ou se achavam ocultos entre os papéis de amigos e parentes. Cuidadosamente catalogados pelo poeta, esses poemas diferem dos chamados “canônicos” pela sua escolha de não publicá-los; muitos trazem a nota “não para publicação, mas pode ficar aqui” em grego ou inglês, e em algumas variações. Em suma, são poemas que não foram publicados (como os “poemas canônicos”), e tampouco foram renegados (como os “poemas rejeitados”). Os versos aqui selecionados são em sua maioria sensuais, à exceção talvez de “Segredos”, poema que dá título a essa amostra dos escritos velados de Kaváfis, outrora guardados e esquecidos, pelo próprio poeta, como em mausoléus..." [Miguel Sulis].


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Nephelibatas em movimento