Ian Curtis
Jogo de Sombras (2010)
Brochura, em papel pólen bold 90gr, 78págs.
Formato: 18x14,5cm.
Tiragem de 50 exemplares.
Bilíngüe: inglês/português.
Tradução de Gleiton Lentz.

[esgotado]

"Ian Kevin Curtis nasceu em Manchester, Inglaterra, em 15 de julho de 1956, mas se criou em Hurdsfield, Macclesfield. Letrista e vocalista da banda Joy Division, desde cedo mostrou inclinação para a poesia. Leitor dos românticos do século XIX, de Nietszche e Kafka, de Burroughs e J.G. Ballard, iniciou compondo versos esporádicos até culminar na música e assumir o vocal da banda em 1976.
Enquanto atuava na Joy Division, tornou-se conhecido por seu comportamento introvertido e sombrio, atribuído especialmente ao tom de isolamento, alienação e decadência urbana de suas letras, por seu estranho timbre de voz baixo-barítono que impregnava de obscuridade as canções do grupo, e por desenvolver um estilo de dança bastante particular que evocava os ataques epilépticos dos quais sofria.
Essa atmosfera obscura percorrerá os dois álbuns da banda, Unknown Pleasures (Prazeres Desconhecidos), lançado em junho de 1979, e Closer (Mais Perto), em julho de 1980, aqui traduzidos. Álbuns que poderiam ser considerados os dois únicos livros de Ian Curtis publicados em vida, cujos versos fizeram com que a banda Joy Division fosse até hoje cercada por uma atmosfera de culto e mitologia e seu letrista considerado um dos principais poetas malditos de sua geração e da história do rock." [Gleiton Lentz]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Nephelibatas em movimento