Giánnis Ritsos
- Grecidade (2011)
Brochura, em papel pólen bold 90gr, 56págs.
Formato: 20x14cm.
Tiragem de 50 exemplares.
Edição bilíngüe: grego/português.
Tradução de Miguel Sulis, Apóstolo Nicolacópulos e Marcelo Jolkesky

R$ 12,00 (+ R$ 6,00 - registro módico)

“O leitor não familiarizado com Giánnis Ritsos (1909 Monenvassia - 1990 Atenas) pode, aqui, começar a desfiar a imensa trama de sua obra poética em um dos pontos principais. Afinal, Ritsos é mais conhecido do público grego como o “poeta da Grecidade”. O termo designa não só o conjunto da nação, a felicidade ou infelicidade de ser grego, mas também o helenismo em sua diacronia. E os que anseiam conhecer algo dessa Grécia, não catalogada nas agências de turismo, não registrada nos clássicos, mais profunda, mais mística, podem encontrá-la plena na obra de Ritsos e especialmente em “Grecidade”.” [Miguel Sulis].



Giánnis Ritsos
Pequena Suíte em Vermelho Maior (2004)
Brochura, em papel pólen bold 90gr, 100págs.
Formato: 18x14cm.
(2a.) Tiragem de 30 exemplares.
Edição bilíngüe: grego/português.
Tradução de Miguel Sulis, Apóstolo Nicolacópulos e Marcelo Jolkesky

[esgotado]

- Poemas eróticos -
"Giánnis Ritsos (1909 Monenvassia - 1990 Atenas) um dos maiores, e mais prolíficos, poetas da Grécia, foi membro ativo da resistência nacional e no período de 1948 a 1952 permaneceu exilado em campos de concentração. Em 1956 foi laureado com o 1º prêmio nacional de poesia pela sua “Sonata ao luar”. Recebeu também o grande prêmio internacional de poesia da bienal de Knokk-le-zont (Bélgica, 1972), o prêmio internacional Dimitrov (Bulgária, 1975), o prêmio Alfred de Vigny (França) e o prêmio Lênin da Paz (URSS), ambos em 1977." [Miguel Sulis].

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nephelibatas em movimento