O amigo dos espelhos - Georges Rodenbach (2008)
Brochura, miolo em papel pólen bold 90gr, 58págs.
Formato: 20x12,5cm. 2a. edição.
Tiragem de 50 exemplares.
Tradução de Camilo Prado.

R$ 10,00 (+ R$ 6,00 - registro módico)

"Georges Rodenbach (1855-1898) nasceu em Tournai, Bélgica, e faleceu em Paris, onde passou seus últimos anos e onde conviveu com os grandes do Simbolismo francês, como Stéphane Mallarmé, Villiers de l’Isle-Adam e Goncourt. Na Bélgica, em sua juventude, fundou a importante revista literária La jeune Belgique com seus amigos Maurice Maeterlinck e Émile Verhaeren. Poeta e prosador, Rodenbach é autor de treze obras poéticas, algumas novelas e romances e dois livros de contos. Bruges-la-morte é sua obra mais conhecida e traduzida em diversos países, inclusive no Brasil. Le rouet des brumes (O caminho das brumas), da qual foram selecionados os 5 contos que aqui constam, é uma obra póstuma, composta de breves narrativas onde loucura, morte e melancolia se combinam com graciosa harmonia de cores. Não estranhe o leitor se nelas encontrar um pouco de “psicanálise”, é que talvez Freud também tenha bebido aqui..." [Camilo Prado].
[Contos: Um entardecer/ O amigo dos espelhos/ Uma transeunte/ Sugestão/ A realização].

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Nephelibatas em movimento