Fazıl Hüsnü Dağlarca – Poemas do Mediterrâneo
Plaqueta em papel pólen bold, 36págs.
Formato 12x16cm.
Tiragem de 50 exemplares.
Edição bilíngüe: turco/português.
Tradução: Miguel Sulis & Marcelo Jolkesky.
Fazıl Hüsnü Dağlarca (1914-2008):
Poemas do Mediterrâneo (Akdeniz Şiirleri) de A Agonia do Ocidente (Batı Acısı), 1958.

[esgotado]


"Nascido em 1914 em Istambul, entre o leste e o oeste, Fazıl Hüsnü Dağlarca, um dos mais traduzidos poetas turcos contemporâneos, é poeta de uma língua, em que uma palavra pode representar a função e significado de uma sentença, propriedade – talvez tão exótica para nós como a literatura nesse idioma gravada – que cerra a estrutura poética e adensa o verso, por vezes, em palavras únicas, despidas das roupas e lembranças em uma quietude dos céus. Palavras, trazidas à Turquia de uma primeira viagem à França e à Itália no início da quinta década do século XX, compõem A agonia do ocidente, volume a que pertencem os Poemas do Mediterrâneo, que aqui figuram em tradução." [Miguel Sulis].

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Nephelibatas em movimento