Impulsos e Convulsões - contus urbanus – Carlos A. Casotti (2010)
Brochura, miolo em papel pólen bold 90gr, 74págs.
Formato: 20x13cm.
Tiragem de 60 exemplares.

R$ 14,00 (+ R$4,00 - registro módico)

Carlos A. Casotti [kzotty@yahoo.com], desovado na ilha de Santa Catarina, Brasil, em março de 1976. Criança normal até os 14 anos de idade. Aos 15 é abduzido por um grupo de punk rockers na rua Felipe Schimidt, no centro de Florianópolis. Sua vida nunca mais foi a mesma. Aos 19 anos, 1995, vai morar em uma casa ocupada em Curitiba, Paraná. Passa ali quatro anos vivendo como punk semi-mendigo, preenchendo o imenso tempo livre tocando em bandas, escrevendo fanzines, imprimindo adesivos e camisetas, tatuando e criando inúmeras inimizades Brasil afora. Em 1999 sai do país e vai viver em Londres, Inglaterra, onde reside até hoje, 11 anos depois.
Atualmente casado, vivendo em uma casa não-ocupada, tocando numa banda punk do sul de Londres e trabalhando como cozinheiro. Esporadicamente perdido noite adentro entre copos de cidra, calúnias e três acordes tocados em último volume.
Todos os textos foram escritos durante um inverno rigoroso em 2003, no quarto de um Squatt, em Clapham North, regado a whiskey, cerveja e cidra, e inspirado pela simplicidade, porém genialidade dos contos de Charles Bukowsky.
"Carlos A. Casotti, com seus contus urbanus, trilha um caminho literário um pouco incômodo, aquele que aqui no país foi iniciado por João do Rio, seguido por Sylvio Floreal, Raul de Polillo e, mais tarde, por Nelson Rodrigues e Plínio Marcos: o caminho do underground. E isso sendo ele mesmo." [Camilo Prado]



video


Contos deste volume:
Tributo à inimizade/ O mercado das frutas/ Suomi/ Um ato lírico/ O estupro de Brow Ale/ Ambição/ A grande lingüiça.

Clique na imagem para ler a página:

    


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Nephelibatas em movimento